Produção industrial da zona euro cai em dezembro de 2016

  • Juliana Nogueira Santos
  • 14 Fevereiro 2017

Os 19 países da zona euro produziram menos 1,6% em dezembro de 2016, comparando com o mês anterior. Os setores responsáveis foram o de bens de capital, de energia e de bens de consumo não-duradouros.

A produção industrial da zona euro diminuiu em dezembro de 2016, comparando com o mês anterior. Este índice recuou 1,6% relativamente a novembro do ano passado, devido à produção de bens de capital, de energia e de bens de consumo não-duradouros.

Os bens de capital tiveram maior peso neste número, registando uma queda de 3,3%, enquanto a produção de energia caiu 1,4% e a de bens de consumo não duradouros caiu 1,2%. A única indústria a ter um desempenho positivo foi a dos bens de consumo duradouros cuja produção cresceu 2,9%.

Dos 19 países que fazem parte da zona euro, destacam-se pela negativa a Irlanda, a Alemanha e a República Checa, cuja produção energética caiu 11,7%, 3,1% e 2,2%, respetivamente. No campo positivo, destacam-se a Croácia, com um aumento de produção de 3,9%, a Grécia e Malta, ambos a subirem 4,4%.

Portugal também se posicionou no terreno dos aumentos, tendo revertido a descida de 0,8% que se registara em novembro de 2016. Produziu-se mais 1,2% no nosso país no mês de dezembro.

No entanto, em relação ao mesmo mês de 2015, a produção aumentou 2% puxada pela energia e pelos bens intermédios e de consumo duradouros. Neste período destacam-se a Croácia, a Lituânia e a Dinamarca que produziram mais 14,9%, 11,5% e 11,1%, respetivamente.

Ainda assim, em relação ao período homologo de 2015, a produção industrial cresceu 1,3% de janeiro a dezembro. O índice de produção industrial é uma dos indicadores a curto prazo mais importantes, visto que identifica ponto de viragem no desenvolvimento económico numa fase inicial. Permite também conhecer melhor o desenvolvimento futuro do PIB.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Produção industrial da zona euro cai em dezembro de 2016

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião