Angola adia visita da ministra da Justiça portuguesa

  • ECO
  • 21 Fevereiro 2017

A visita, que iria ser realizada a convite do ministro da Justiça angolano, foi adiada a pedido de Luanda, sem que haja para já reagendamento.

A ministra da Justiça Francisca Van Dunem já não vai visitar Angola esta semana, após as autoridades angolanas terem pedido o adiamento da visita sem, para já, a reagendar, anunciou em comunicado o Ministério da Justiça.

Ao ECO, fonte do Ministério esclareceu que a ministra iria deslocar-se a Angola a convite do seu homólogo, para visitar várias entidades. Previa-se que a visita durasse três dias, a partir desta quarta-feira.

Na semana passada, o vice-presidente angolano Manuel Vicente foi acusado de corrupção ativa no âmbito da Operação Fizz. Está acusado de ter subornado um procurador português, assim como de corrupção, branqueamento e falsificação de documentos.

Manuel Vicente já rejeitou estar envolvido nos factos investigados pela Operação Fizz, dizendo que “nada tem a ver com os factos”, através do seu advogado, e que “nunca foi sequer ouvido, o que constitui obrigação processual fundamental”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Angola adia visita da ministra da Justiça portuguesa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião