Haitong quer rescindir com 80 trabalhadores por mútuo acordo

  • Lusa
  • 27 Fevereiro 2017

O banco Haitong (ex-BES Investimento) vai levar a cabo um programa de saída de trabalhadores através de rescisões por mútuo acordo, com o qual espera reduzir até 80 pessoas.

A informação da restruturação foi prestada aos sindicatos no final da semana passada e, de acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas, Rui Riso, foi justificada com a alteração do modelo de negócio e está relacionada com uma redução de efetivos que o grupo Haitong está a fazer em todo o mundo.

Já o presidente do Sindicato Nacional dos Quadros e Técnicos Bancários, Paulo Marcos, disse à Lusa que esta redução vai afetar trabalhadores que estão fora de Portugal, nomeadamente no Reino Unido.

A Lusa contactou fonte oficial da instituição financeira, que tem cerca de 400 funcionários, aguardando uma resposta.

O Haitong Bank anunciou na passada semana um plano de reestruturação global, tendo em vista centrar o negócio do antigo BESI na banca de investimento, mercados e investimentos alternativos, com uma clara aposta nos mercados emergentes e na sua estreita relação com a China.

O Haitong Bank é um banco de investimento com sede em Lisboa, sendo detido a 100% pela Haitong Securities, na sequência da compra do antigo BESI ao Novo Banco em setembro de 2014, por 379 milhões de euros.

O banco avança para o plano no início de março, depois de mudanças na liderança executiva do banco no final do ano passado. Saiu José Maria Ricciardi depois de divergências com o presidente do Conselho de Administração, Hiroki Miyazato, que passou a acumular as funções de CEO.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Haitong quer rescindir com 80 trabalhadores por mútuo acordo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião