Garantia mútua vai ter nova presidente

  • ECO
  • 6 Março 2017

Ana Beatriz Freitas, adjunta do ministro da Economia, vai ser a nova presidente da Sociedade Portuguesa de Garantia Mútua. José Fernando de Figueiredo fica só no banco de fomento.

Nove anos depois, José Fernando Figueiredo sai da presidência da Sociedade Portuguesa de Garantia Mútua. Ana Beatriz Freitas, adjunta do ministro da Economia é a senhora que se segue.

Esta técnica superior, especialista em orçamento e finanças públicas, do Ministério Público, a trabalhar com Caldeira Cabral desde janeiro de 2016, foi o nome escolhido para substituir o também presidente da Instituição Financeira de Desenvolvimento, avança o Jornal de Negócios (acesso pago) na sua edição desta segunda-feira.

A equipa da antiga vogal do Conselho Fiscal da ANA e da ANAM, de 48 anos, ficam completa com Miguel Sá Pinto, administrador do IAPMEI que transita para a vice-presidência da holding pública que gere os serviços partilhados e o fundo de contragarantia das quatro sociedade de garantia mútua portuguesas. Mas também Marco Neves, quadro do Novo Banco, e Carlos Abade e António Gaspar que transitam da administração anterior. O Ministério da Economia confirmou todos estes nomes ao Jornal de Negócios.

A nova administração deverá ser eleita em assembleia-geral, agendada para 10 de março.

Questionado pelo Jornal de Negócios, José Fernando de Figueiredo não quis alimentar qualquer polémica com a sua substituição. “Foi uma indicação dos acionistas. Não tenho estados de alma sobre as decisões dos acionistas. Portanto, estou absolutamente sereno e tranquilo”, disse o responsável que estava na SPGM desde a sua fundação, quando ainda era liderada por José António Barros, que veio depois a assumir a liderança da AEP.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Garantia mútua vai ter nova presidente

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião