Energia mantém PSI-20 abaixo da linha de água

  • Rita Atalaia
  • 8 Março 2017

Mais uma sessão de perdas para a bolsa nacional. Apesar de a queda ser muito ligeira, fez com que o índice caísse pela quarta sessão consecutiva. E novamente com a pressão do setor energético.

Mais uma sessão, mais uma queda para o PSI-20. A bolsa nacional encerrou em baixa pela quarta sessão consecutiva. Um desempenho que contrariou o otimismo das pares europeias. O setor energético pode ter ajudado a praça lisboeta a arrancar em alta, mas foi também o responsável pelo regresso às perdas. Nem mesmo a subida da Jerónimo Martins e do BCP foi suficiente para compensar esta queda, num dia de subida dos juros portugueses.

O índice de referência nacional, o PSI-20, encerrou em queda de 0,01% para os 4.630,10 pontos, marcando a quarta sessão consecutiva de perdas para a bolsa nacional. Um desempenho que voltou a ser determinado pela descida do setor energético. A EDP recuou 0,56% para 2,82 euros, a EDP Renováveis caiu 0,43% para 6,20 euros e a Galp Energia afundou 0,93% para 13,90 euros.

Nem mesmo a subida de 1,6% da Jerónimo Martins ajudou a praça portuguesa a terminar a sessão acima da linha de água. Na banca, o dia foi positivo. O BCP acelerou 1,04%, num dia de subida dos juros portugueses. O que acontece depois de o Tesouro português ter levantado esta quarta-feira 1.112 milhões de euros em dívida de longo prazo, tendo pago mais por isso. No leilão com maturidade a nove anos, o custo de financiamento agravou-se em mais de 100 pontos base, reflexo da instabilidade que acercou Portugal nas últimas semanas.

Na Europa, o tom foi mais esverdeado. O Stoxx 600 encerrou a subir 0,08% para os 372,58 pontos, numa sessão marcada pela cautela dos investidores. Segundo os analistas do BPI, a negociação pautou-se por uma “postura mais defensiva por parte dos investidores, numa altura em que se aguarda pela reunião do Banco Central Europeu amanhã e pela decisão da Reserva Federal dos EUA na próxima semana”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Energia mantém PSI-20 abaixo da linha de água

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião