TAP: Ações serão vendidas aos trabalhadores a 10,38 euros

Os trabalhadores da TAP vão poder comprar 75.000 ações da companhia aérea a um preço de 10,38 euros, um desconto de 55 cêntimos face ao preço da privatização.

Há novos detalhes sobre a venda de 5% do capital da TAP aos trabalhadores. A oferta pública vai abranger 75.000 ações por 10,38 euros cada, mas só podem ser adquiridas por trabalhadores da companhia aérea com vínculo superior a três anos, bem como de todas as restantes empresas do grupo. É um preço nominal inferior aos 10,93 euros pagos pelo consórcio da Atlantic Gateway no processo de privatização, informou o Governo em comunicado.

A oferta começará após despacho do regulador dos mercados (CMVM) e vai prolongar-se por 20 dias úteis. A intenção do Governo é ter o processo concluído até maio. Após a venda, o Estado voltará a controlar 50% do capital da companhia, enquanto o consórcio privado ficará com 45% e incorporará o capital que, eventualmente, não for adquirido pelos trabalhadores.

"Se tudo correr bem, em meados de maio, podemos iniciar os procedimentos para o closing da operação.”

Guilherme W. d'Oliveira Martins

Secretário de Estado das Infraestruturas

“Estamos à espera que seja um sucesso”, disse à agência Lusa o secretário de Estado das Infraestruturas Guilherme W. d’Oliveira Martins. “Não há limites máximos por trabalhador” quanto à compra de ações, acrescentou. A CMVM deverá, nos próximos dias, emitir uma nota com mais explicações.

“Se tudo correr bem, em meados de maio, podemos iniciar os procedimentos para o closing da operação”, adiantou ainda o governante à Lusa, recordando que o negócio “só fica consolidado” com a aprovação da Autoridade Nacional da Aviação Civil. A venda de até 5% da TAP aos trabalhadores do grupo é um compromisso que faz parte do memorando de entendimento assinado entre o Estado e o consórcio de David Neeleman e Humberto Pedrosa, que comprou a empresa em meados de 2015.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

TAP: Ações serão vendidas aos trabalhadores a 10,38 euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião