Governo da esquerda tem tido “alguns resultados” surpreendentes

  • Lusa
  • 10 Abril 2017

O cardeal-patriarca de Lisboa, Manuel Clemente, diz que a solução governativa do PS, com o apoio dos partidos de esquerda, é "positivamente surpreendente".

O cardeal-patriarca de Lisboa, Manuel Clemente, admitiu, em entrevista hoje à Rádio Renascença, que a solução governativa do PS, com o apoio do PCP, BE e PEV, tem tido “alguns resultados” que são positivamente surpreendentes.

Baixar o desemprego é bom. Diminuir a tensão social, a crispação, é bom. Haver resultados – uns são de agora, outros foram preparados antes – no campo do ensino, é bom. Haver ótimas perspetivas para atividades como o turismo, é bom. Há aqui coisas boas, há alguns sinais de recuperação económica”, afirmou Manuel Clemente à Rádio Renascença.

Para Manuel Clemente, “as coisas têm andado e têm andado de uma maneira que, nalguns aspetos, é surpreendente e positivamente surpreendente”.

O cardeal lembrou que, depois das legislativas de 2015, falhou a aliança que “talvez fosse mais natural”, no “chamado arco governamental”, e que, agora, como este executivo, se registou uma viragem, com “alguns sinais de recuperação económica” e de “descrispação”.

É um clima que “ajuda a resolver os problemas de outra maneira”, afirmou Manuel Clemente na entrevista à RR, propriedade do Patriarcado e a Conferência Episcopal Portuguesa e que assinala hoje 80 anos.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Governo da esquerda tem tido “alguns resultados” surpreendentes

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião