Hotéis quase cheios esta Páscoa

  • Juliana Nogueira Santos
  • 12 Abril 2017

Os hoteleiros nacionais prevêem taxas de ocupação de mais de 90% nesta época da Páscoa.

Esta época da Páscoa prevê-se ocupada para os hoteleiros. Os destinos habitualmente mais populares nesta quadra, ou seja, Lisboa, Algarve e Madeira, registam taxas de ocupação de mais de 90% e o mesmo se passa no resto no país.

Os hotéis da cidade do Porto contam com uma taxa de ocupação que ronda os 98%, enquanto nos Açores, particularmente na ilha de São Miguel, esta atinge valores próximos de 100%. O Alentejo e a Serra da Estrela também foram muito procurados pelos turistas que querem aproveitar esta pausa da Páscoa, registando-se nestas zonas taxas de ocupação bastante elevadas.

Os dados são da Associação de Hotelaria de Portugal (AHP) que realizou um inquérito junto dos seus associados. A maior parte destes esperava taxas mais elevadas do que em 2016, mas tudo indica que estas perspetivas iniciais sejam ultrapassadas. Várias das unidades inquiridas pela AHP já estão lotadas este fim de semana.

A Presidente da Direção Executiva da AHP, Cristina Siza Vieira, destaca fatores como a meteorologia e o calendário para a justificação destes resultados: “No seguimento do crescimento sustentado da procura, as expectativas para esta Páscoa são muito otimistas. O facto de esta ser uma Páscoa mais tardia e, portanto, previsivelmente mais solarenga, traz também um importante aumento da procura.”

Espanhóis vêm a Portugal comer as amêndoas

Os portugueses continuam a seguir o mote de “ir para fora cá dentro” e perfazem 24% dos hóspedes a darem entradas nos estabelecimentos de hotelaria. A AHP atribui esta percentagem à recuperação económica e ao aumento histórico da confiança dos consumidores, que estimula o consumo privado.

Ainda assim, o mercado espanhol estabelece-se como o segundo maior mercado emissor, perfazendo 22% dos hospedes, seguindo-se o francês, com 13%. Os hoteleiros nacionais destacam também o crescimento de mercados não tradicionais como o italiano, o escandinavo e o norte-americano.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Hotéis quase cheios esta Páscoa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião