Crescimento de 3,2% e défice de 1,4% são “hipótese” para este ano, diz Marcelo

  • Lusa
  • 18 Maio 2017

"Ninguém pode revelar uma realidade que não existe", admite o Presidente. Mas estes números são uma "hipótese que não está afastada".

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou, esta quinta-feira que “é uma hipótese que não está afastada” Portugal conseguir, já este ano, um crescimento económico à volta de 3,2% e um défice de 1,4%.

Marcelo Rebelo de Sousa referiu estes números à conversa com deputados croatas, em Zagreb, a propósito da evolução da situação económica e financeira em Portugal, num momento de recolha de imagens, captadas pela RTP.

Mais tarde, questionado pela RTP sobre onde foi buscar aqueles dois dados, o Presidente da República respondeu: “Eu disse que é uma hipótese que não está afastada o poder haver uma evolução positiva da economia, se ela vier de trás, que aponte para a confirmação destes números”.

O Presidente disse ainda que nunca divulgou estes dados “porque ninguém pode revelar uma realidade que não existe“, e acrescentou: “Eu digo que é um dos cenários possíveis, um défice mais baixo e um crescimento mais alto”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Crescimento de 3,2% e défice de 1,4% são “hipótese” para este ano, diz Marcelo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião