Passos Coelho: “Melhorem o rating mas façam por merecer”

Presidente do PSD pediu consistência ao Governo para poder exigir uma melhoria do rating de Portugal, referindo-se ao relatório para aliviar a dívida pública preparado por socialistas e bloquistas.

O presidente do PSD acha muito bem que “se peça que às agências subam o rating de Portugal em setembro”, mas deixou um alerta ao Governo: “Melhorem o rating mas façam por merecer que o rating melhore“, disse, em declarações transmitidas pela RTP.

Passos Coelho falava em Albufeira, onde decorriam as Jornadas Parlamentares do PSD, pedindo consistência ao Executivo de António Costa e aos partidos de esquerda que apoiam a solução de governo. E deixou o exemplo do debate acerca da reestruturação da dívida pública.

“Qual é a consistência de um dia criar um grupo de trabalho com o Bloco de Esquerda para ver em que termos se podia pedir a reestruturação da dívida e a declaração do ministro das Finanças que não tenciona levar isso ao Eurogrupo, nem antes nem depois das eleições alemãs?”, questionou o líder social democrata. “Aquilo é só para entreter o Bloco de Esquerda e o debate doméstico. Para Bruxelas não é”, frisou Passos.

Em relação aos números do Produto Interno Bruto (PIB) confirmados esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE), Passos Coelho diz que é uma boa notícia que a economia tenha acelerado no primeiro trimestre do ano. Ainda assim, considerou que esta aceleração vem com um ano de atraso devido ao medo dos agentes económicos aquando da criação da chamada Gerigonça.

Só não crescemos mais cedo porque havia dúvidas motivadas pela solução de governo que o país conheceu a partir de 2015. Perguntar-se-á se esse medo se dissipou. Eu creio que é verdade. Existe ali algum cimento”, declarou.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Passos Coelho: “Melhorem o rating mas façam por merecer”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião