Nova fábrica na Covilhã vai fazer jóias para Cartier ou Dior

  • ECO
  • 1 Junho 2017

A nova unidade vai criar 90 postos de trabalho, e o presidente da Câmara espera que seja apenas o princípio do investimento do grupo FM Industries Sycrilor na região.

A Covilhã foi a escolhida para uma nova fábrica do grupo de produção de bijuteria FM Industries Sycrilor. A empresa suíça faz produção para marcas de luxo como a Louis Vuitton, a Dior e a Cartier, e vai criar 90 postos de trabalho com a nova fábrica na cidade portuguesa, segundo confirmou fonte da empresa ao Jornal de Negócios.

O presidente da Câmara da Covilhã, Vítor Pereira, disse ao Negócios que “a nova unidade industrial implementada na cidade representa o desenvolvimento de um novo cluster dedicado à indústria mecânica de precisão”, em que o grupo, afirma, é um dos maiores especialistas. Vítor Pereira espera assim que se avizinhem novos investimentos da FM Industries Sycrilor na zona da Covilhã.

A fábrica fica no Parque Industrial de Canhoso e abriu portas no mês passado. As peças de metal ali trabalhadas vão ser exportadas para várias partes do mundo, e usadas para fabricar joalharia mas também esferográficas de marca Mont-Blanc, por exemplo. A empresa tem fábricas na Suíça, em França e em Marrocos, além da sua nova unidade portuguesa.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Nova fábrica na Covilhã vai fazer jóias para Cartier ou Dior

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião