Novo Banco sai do Benfica. Grupo Valouro já detém 13%

O Novo Banco vendeu a sua posição de quase 8% na SAD do Benfica ao grupo Valouro por cerca de dois milhões de euros. José António dos Santos já detém 13% do clube encarnado.

O Novo Banco vendeu a sua posição de quase 8% na SAD do Benfica ao Grupo Valouro por cerca de dois milhões de euros. José António dos Santos já detém 13% do clube encarnado. A informação foi enviada à CMVM na tarde desta sexta-feira.

No comunicado, o banco liderado por António Ramalho indica que vendeu no dia 25 de maio mais de 1,8 milhões de ações da SAD benfiquista ao preço unitário de 1,05 euros, acima da cotação de fecho nessa sessão. No total, a alienação rendeu 1,92 milhões de euros ao Novo Banco.

O comprador é José António dos Santos, presidente do Grupo Valouro, que já havia adquirido anteriormente uma posição de 4,3% no Benfica que era detida pela construtora Somague. “Mais informa que em resultado dessa operação passou a deter uma percentagem correspondente a 12,7% dos direitos de voto correspondentes ao capital social da referida sociedade aberta”, diz a SAD do Benfica.

Deste modo, o empresário José António dos Santos passa a ser o segundo maior acionista dos tetracampeões.

As ações do Benfica caíram esta sexta-feira para 1,042 euros. Acumulam uma valorização de 6% desde o início do ano.

(Notícia atualizada às 17h07)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Novo Banco sai do Benfica. Grupo Valouro já detém 13%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião