Preços das casas continuam a aumentar

  • Lusa
  • 8 Junho 2017

Apesar do aumento dos preços, as casas continuam mais baratas do que em agosto de 2010, o ponto mais elevado do mercado da habitação.

O preço das casas em Portugal subiu 1,8% no primeiro trimestre deste ano, face ao último trimestre de 2016, segundo o Índice de Preços Residenciais da Confidencial Imobiliário, divulgado esta quinta-feira.

A valorização acelerou nos primeiros três meses do ano, assinalou a consultora, que recordou que no quarto trimestre de 2016 a evolução tinha sido de 1%. Na comparação homóloga, a tendência também é de crescimento: os preços das casas subiram 6,2% em relação ao primeiro trimestre do ano passado.

“Recorde-se que, no final do ano, o ritmo de crescimento homólogo dos preços abrandou, ficando-se em 5,6% depois de, em setembro, ter atingido a marca mais elevada dos últimos 15 anos, nomeadamente uma valorização homóloga de 7,5%”, referiu a Confidencial Imobiliário, em comunicado.

Em termos acumulados, a recuperação dos preços das casas em Portugal situa-se em 14,3%, mas os preços das casas mantêm-se ainda cerca de 3,8% abaixo dos níveis observados em agosto de 2010, o ponto mais elevado do mercado desde início da atual série do índice.

O mínimo do mercado foi registado em junho de 2013.

Comentários ({{ total }})

Preços das casas continuam a aumentar

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião