Tecnológicas recuperam de fortes quedas. Wall Street acelera

O índice tecnológico recupera do pior sell-off desde dezembro, com as tecnológicas a ajudarem a puxar pelos restantes índices bolsistas dos EUA. Tudo isto no dia em que arranca a reunião da Fed.

Os principais índices bolsistas norte-americanos arrancaram a sessão em alta, apoiados no avanço dos títulos do setor tecnológico. Wall Street regressa assim aos ganhos após um arranque de semana negativo. Os olhos dos investidores orientam-se para a Reserva Federal (Fed) dos EUA, que inicia nesta quarta-feira a reunião de dois dias de onde poderá surgir uma nova subida dos juros na maior economia do mundo.

O índice S&P 500 abriu a somar 0,25%, para os 2.435,48 pontos, sentido que é acompanhado pelo Nasdaq. O índice tecnológico avança 0,5%, para os 6.206,07 pontos, provando os primeiros ganhos após duas sessão consecutivas no vermelho.

O Nasdaq dá assim sinais de recuperação após o pior sell-off de duas sessões registado desde dezembro, e que se deveu ao crescendo dos receios de que os gigantes Facebook, Apple, Amazon, Netflix e Google, pudessem estar a perder momentum.

Uma sondagem do Bank of America Merrill Lynch divulgada nesta terça-feira mostra que o Nasdaq é o índice bolsista alvo do maior número de transações. O mesmo estudo indica que 84% dos gestores de fundos acreditam que os EUA têm o mercado de ações mais sobrevalorizado.

No foco das atenções dos investidores nesta terça-feira está o arranque da reunião de dois dias da Fed que poderá culminar com mais uma subida dos juros nesta quarta-feira. A expectativa de muitos economistas vai precisamente nesse sentido, devido à melhoria das condições no mercado laboral.

“A expectativa de uma subida das taxas está amplamente incorporada, e tem-se reforçado pelas mais recentes comunicações da Fed”, disse Michael Feroli, economista do JPMorgan. Economistas sondados pela Reuters veem a Fed a elevar a sua taxa de referência para um intervalo entre 1% a 1,25%, esta semana.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Tecnológicas recuperam de fortes quedas. Wall Street acelera

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião