Incêndios dominados em Tomar e Abrantes. Fogo fez oito feridos

Dois fogos de dimensões significativas lavraram nos concelhos de Tomar e Abrantes, na região centro do país. Ambos já foram dominados. Há registo de pelo menos oito feridos no Tramagal.

Imagem das chamas em Tomar esta segunda-feira. Incêndios em Tomar e Abrantes começaram praticamente em simultâneo.Tomar TV

O incêndio que lavrou esta segunda-feira no concelho de Abrantes está já em fase de conclusão, empenhando 140 bombeiros e 43 viaturas nos trabalhos finais de combate às chamas. Houve registo de oito feridos no incêndio no Tramagal, dois deles com gravidade, segundo a agência Lusa. Já o fogo em Tomar encontrava-se em fase de resolução por volta das 19h20, combatido por 243 bombeiros apoiados por 71 viaturas

Dos oito feridos, cinco fazem parte de uma equipa de sapadores do agrupamento de empresas papeleiras Afocelca e três são bombeiros. Três dos feridos foram transportados para unidades de queimados em Lisboa e Porto, indicou a presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque.

De acordo com a presidente, o médico da equipa do INEM que assistiu os cinco elementos do agrupamento deu dois dos feridos como estando em estado grave. Há ainda “três bombeiros feridos, vítimas de inalação de fumos e de exaustão. São situações sem gravidade. Um desses bombeiros tem, contudo, um problema cardíaco e foi ao hospital”, afirmou.

A Linha da Beira Baixa, que atravessa aquela região, estava cortada pelas 16h15, disse também a responsável, em declarações à Lusa. “O incêndio está em conclusão. Não há casas, não houve ameaças em casas. Apenas a registar um anexo agrícola queimado, que se presume que nem tinha utilização”, afirmou Maria do Céu Albuquerque.

O incêndio em Tomar lavrava nas freguesias de São Pedro e Asseiceira e começou também ao meio-dia. A região tem sido alvo de vários incêndios nos últimos dias, incluindo por um que deflagrou durante a manhã e que foi rapidamente dominado. Estes vídeos da Tomar TV incluem imagens captadas no terreno:

Portugal fustigado por incêndios

Portugal continental registava nove incêndios ativos às 17h desta segunda-feira, que estavam a ser combatidos por 568 operacionais, apoiados por 159 viaturas e 12 meios aéreos, sobretudo no distrito de Santarém, de acordo com a Proteção Civil. Segundo a página da internet daquela autoridade, o distrito de Santarém era onde se verificavam os incêndios de maiores proporções e que empenhavam mais meios, principalmente o que lavrava em Tomar.

No concelho de Alcanena lavrava um outro incêndio, desde as 14h09, numa zona de mato, que estava a ser combatido por 95 operacionais, apoiados por 30 viaturas e três meios aéreos. Ainda no distrito de Santarém, no concelho de Salvaterra de Magos, 88 operacionais, apoiados por 24 viaturas e seis meios aéreos combatiam um incêndio que estava a consumir uma área florestal, desde as 15h29.

(Notícia atualizada às 19h30)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Incêndios dominados em Tomar e Abrantes. Fogo fez oito feridos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião