Metro de Lisboa transportou mais 5,5 milhões de passageiros no primeiro semestre

Na primeira metade do ano, o número de passageiros que viajaram na rede do Metro de Lisboa cresceu 7%, o que ajudou as receitas da empresa a crescerem 8,8%.

Na primeira metade do ano, o número de pessoas que usaram a rede do Metropolitano de Lisboa para se transportar aumentou em cerca de 5,5 milhões. Ou seja, mais de 7% face ao número registado no período homólogo, divulgou o Metropolitano de Lisboa em comunicado. Esta subida do tráfego de passageiros permitiu aumentar as receitas do Metro para 53,2 milhões de euros, nesse período.

O número de passageiros transportados pelo Metro de Lisboanos primeiros seis meses do ano ascendeu a um total de 81.323.451. Ou seja, 5.498.099 passageiros acima do registado no período homólogo. Estes valores superam as estimativas da empresa que antecipava que o número de pessoas transportadas ascendessem a um total de 78.187.145.

Este aumento acabou por beneficiar a contabilização das receitas auferidas nesse período. O Metropolitano de Lisboa alcançou, nos primeiros seis meses do ano, receitas totais de cerca de 53,2 milhões de euros. Ou seja, 8,8% acima face ao resultado alcançado no período homólogo. Superam ainda a receita antecipada pela empresa: cerca de 51 milhões de euros.

O Metropolitano de Lisboa explica que os passageiros com títulos ocasionais (bilhete Viagem CA/ML, Zapping, bilhetes 24horas, Cartão Bancário e Lisboa Card) foram os principais responsáveis pelos resultados alcançados. O acréscimo de 7,6% no número de passageiros transportados refletiu-se num aumento de 14,4% da receita neste segmento.

Por sua vez, o aumento dos passageiros detentores de passes situou-se nos 7%, representando uma melhoria de 3,4% das receitas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Metro de Lisboa transportou mais 5,5 milhões de passageiros no primeiro semestre

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião