Turismo dá jackpot à Estoril-Sol. Dispara 20% para máximos de 15 anos

Disparo da cotação das ações da operadora de casinos acontece depois de ter quadruplicado os lucros no segundo trimestre do ano. Estoril-Sol dispara 300% desde o início do ano com ajuda do turismo.

Turismo dá jackpot à Estoril-Sol: ações disparam 300% em 2017.

As ações da Estoril-Sol dispararam em bolsa para máximos de 15 anos, depois de a operadora de casinos portuguesa ter visto o seu lucro quadruplicar na primeira metade do ano, perante o boom do turismo em Portugal, dizem os analistas.

Ainda que só tenham sido negociados pouco mais de 6.000 títulos, a Estoril-Sol acelerou esta sexta-feira 20,9% para 10,82 euros, tratando-se do valor mais elevado desde 2002. A média diária de negociação dos últimos seis meses é de apenas 1.000 papéis, pelo que foram transacionados seis vezes mais ações esta sexta-feira.

A operadora dona dos casinos do Estoril, Lisboa e Póvoa do Varzim apresentou ontem resultados bastante positivos. O lucro entre janeiro e junho deste ano aumentou 283% para 9,79 milhões de euros, com a receita de jogo a crescer 11% para mais de 100 milhões de euros. O turismo e o crescimento económico ajudaram.

Estoril-Sol em máximos de 15 anos

Fonte: Bloomberg

“É um negócio muito exposto à recuperação económica portuguesa que passou de gerar poucos ou nenhuns lucros num contexto de recessão gerar resultados positivos com perspetivas de manter o crescimento“, referiu ao ECO a equipa de research do BiG.

“No caso da Estoril-Sol, esta desalavancagem já foi concretizada há mais tempo, sendo que atualmente o grupo está a colher os frutos disso. A Estoril-Sol beneficia particularmente do boom do turismo em Portugal, o que deverá ajudar as receitas que se têm mantido estáveis ao longo dos últimos anos, apesar da melhoria dos resultados operacionais”, acrescenta o banco de investimento.

"A Estoril Sol beneficia particularmente do boom do turismo em Portugal, o que deverá ajudar as receitas que se têm mantido estáveis ao longo dos últimos anos, apesar da melhoria dos resultados operacionais.”

Equipa de research BiG

Turismo e apostas desportivas online

Entre janeiro e junho deste ano, as receitas turísticas totalizaram seis mil milhões de euros, o que corresponde a uma subida de 21% face às receitas de cinco mil milhões do primeiro semestre do ano passado, devendo Portugal terminar o ano com novo recorde. Feitas as contas, os turistas estão a gastar 33 milhões de euros por dia em Portugal, segundo o Banco de Portugal.

Em termos operacionais, os hotéis e estabelecimentos já acomodaram mais de 26 milhões de dormidas de mais de nove milhões de hóspedes no primeiro semestre, aumentos de cerca de 10% face ao mesmo período do ano passado, de acordo com os dados da atividade turística do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Além do turismo, a Estoril-Sol vai explorar um novo negócio como forma de alavancar ainda mais as receitas. No início deste mês, anunciou que entrar no setor das apostas desportivas online, que se juntam à sua oferta de jogo online que já disponibilizava.

Desde o início do ano, os títulos da Estoril Sol valorizam 300%, conferindo uma capitalização bolsista de 130 milhões de euros à cotada que opera no setor dos casinos. Apenas 5% do seu capital está disponível para negociação.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Turismo dá jackpot à Estoril-Sol. Dispara 20% para máximos de 15 anos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião