Wall Street avança com Jackson Hole na mira

Dia positivo nos mercados mundiais e as bolsas norte-americanas não são exceção ao bom momentos. Wall Street avança com ouvidos colados ao que Yellen e Draghi terão para dizer em Jackson Hole.

Com Jackson Hole a concentrar todas as atenções do mercado, no dia em que Janet Yellen e Mario Draghi discursam, Wall Street abriu a sessão com algum apetite comprador depois de dois dias seguidos de quedas.

O S&P 500, o índice de referência mundial, soma 0,37% para 2.448,00 pontos, sendo acompanhado pelos outros dois principais índices: o tecnológico Nasdaq e o industrial Dow Jones, que avançam 0,32% e 0,3%, respetivamente.

O sentimento geral é positivo. As ações mundiais vão a caminho da melhor semana das últimas seis, de acordo com a agência Reuters. Os mercados emergentes dão um forte contributo, negociando em máximos de três anos, o que está a dar força às mercadorias como os metais e o petróleo, perante a perspetiva de que a retoma mundial vai aumentar a procura por commodities.

Ainda que sejam aguardados com muita expectativa pelo que podem preanunciar, os analistas não esperam grandes novidades nos discursos previstos para o dia de hoje dos presidentes da Reserva Federal norte-americana e do Banco Central Europeu no simpósio económico anual organizado pelo Fed de Kansas no pequeno retiro de montanha Jackson Hole. Novidades acerca da retirada dos estímulos monetários sem precedentes nos EUA e na Zona Euro deverão surgir mais tarde.

“Os resultados e o crescimento económico são suficientemente fortes e a política do banco central de maior aperto sugere isso mesmo. Na ausência de um choque, os mercados deverão apresentar uma tendência altista nos próximos seis meses”, referiu Mark Haefele, diretor de investimentos da UBS Wealth Management, numa nota citada pela Reuters.

"Os resultados e o crescimento económico são suficientemente fortes e a política do banco central de maior aperto sugere isso mesmo. Na ausência de um choque, os mercados deverão apresentar uma tendência altista nos próximos seis meses.”

Mark Haefele

Diretor de investimentos da UBS Wealth Management

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Wall Street avança com Jackson Hole na mira

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião