Gasolina vai ter maior subida em dois anos. A culpa é do furacão Harvey

Não espere pela próxima semana para atestar o depósito do seu carro. Tanto o preço da gasolina como o do gasóleo vão subir por causa dos estragos feitos pelo furacão Harvey nos EUA.

Prepare-se. Abastecer o seu carro vai ficar mais caro a partir de segunda-feira.Paula Nunes / ECO

Viu o furacão Harvey nas notícias? Saiba que a maior tempestade nos EUA desde 2005 vai pesar bastante no seu bolso se tiver automóvel. Atestar o depósito vai ficar bem mais caro a partir da próxima semana. A gasolina prepara-se para sofrer um agravamento do preço superior a três cêntimos por litro, a maior subida em mais de dois anos. O gasóleo também sobe, mas menos.

De acordo com cálculos do ECO com base nos dados da Bloomberg, o agravamento do preço da gasolina deverá ser superior a três cêntimos por litro. A confirmar-se, será o maior aumento em mais de dois anos, superando mesmo a subida dos preços em fevereiro de 2016 provocada pelo aumento do Imposto sobre Produtos Petrolíferos (ISP) promovida pelo então secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Fernando Rocha Andrade.

Mas esta subida poderá chegar aos quatro cêntimos caso o comportamento do mercado esta sexta-feira reforce a tendência em alta dos produtos petrolíferos por causa da passagem da tempestade Harvey em território norte-americano que fez encerrar refinarias norte-americanas, que transformam a matéria-prima petróleo em produtos derivados como os combustíveis.

O gasóleo também deverá subir, mas de forma menos intensa. Cerca de um cêntimo por litro é quanto deverá encarecer o diesel, o mais utilizado pelos portugueses, anulando as descidas verificadas nos postos de abastecimento em Portugal nas últimas três semanas.

Preços dos combustíveis à segunda-feira

Fonte: DGEG

Estes agravamentos refletem o disparo da cotação média da tonelada métrica da gasolina durante esta semana, superior a 7%, já convertida em euros. Ao mesmo tempo, o preço médio da tonelada métrica do gasóleo valoriza 2,3%. Isto apesar de o preço do barril de ouro negro seguir quase inalterado em Londres no acumulado da semana, em torno dos 52,40 dólares.

Sendo assim, segundo os dados da Direção Geral de Energia e Geologia, tudo aponta para que o litro da gasolina aumente para perto de 1,47 euros, tratando-se do preço mais elevado desde maio. Já o gasóleo prepara-se para custar cerca de 1,22 euros por litro, um máximo dos últimos quatro meses.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Gasolina vai ter maior subida em dois anos. A culpa é do furacão Harvey

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião