Exclusivo Lacerda Machado: “Não tenho perfil para ser CEO da EDP”

Diogo Lacerda Machado rejeita a possibilidade de vir a ser o presidente executivo da EDP, em substituição de António Mexia.

Diogo Lacerda Machado rejeita a possibilidade de vir a ser o CEO da EDP, depois de essa possibilidade ter sido avançada pelo Jornal de Negócios (acesso pago). “Não tenho perfil para ser CEO”, frisou Lacerda Machado, em declarações exclusivas ao ECO.

O advogado e gestor – atualmente acumula com as funções de administrador não executivo da TAP – já integrou o conselho geral e de supervisão da EDP durante seis anos e conhece a empresa. Questionado sobre a possibilidade de ser indicado para chairman da elétrica, em substituição de Eduardo Catroga, Lacerda Machado não faz comentários.

No currículo, Diogo Lacerda Machado junta as ligações às chinesas HNA e Geocapital com a experiência profissional em Macau. A HNA é dona de 2,5% do capital da Atlantic Gateway, o consórcio que detém 45% da TAP. Por cá, é conhecido por ter renegociado a reversão da privatização da TAP, processo após o qual foi nomeado para o atual cargo de administrador não executivo.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lacerda Machado: “Não tenho perfil para ser CEO da EDP”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião