As temperaturas altas e o tempo seco regressam já no sábado

  • Marta Santos Silva
  • 19 Outubro 2017

O risco de incêndio deverá voltar a subir a partir de sábado, já que o país voltará a ver temperaturas entre os 25 e os 30 graus, com uma humidade relativa baixa.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) antevê que o tempo quente regresse já a partir deste fim de semana, com um aumento do risco de incêndio novamente, de sábado para a frente.

“Entre os dias 22 e 25 de outubro prevê-se um novo período sem precipitação, havendo uma probabilidade entre 20 e 40% de ocorrência de precipitação nas regiões Norte e Centro entre os dias 26 e 28 de outubro. Haverá ainda subida da temperatura do ar para valores máximos entre 25 e 30.°C e humidades relativas do ar inferiores a 40% no período da tarde nas regiões do Interior até dia 25 de outubro”, lê-se no comunicado.

As temperaturas altas regressam assim à maior parte do país, assim como a baixa humidade, o que fará com que o risco de incêndio deva “voltar a aumentar já a partir de dia 21, pelo menos até dia 25 de outubro”.

A chuva que se fez sentir entre os dias 16 de outubro e até dia 21 não fez muito, acrescenta ainda o instituto, para reduzir a situação de seca que se vive. O Algarve foi a região que recebeu menos precipitação.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

As temperaturas altas e o tempo seco regressam já no sábado

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião