Altice acusa NOS de “controlar os mercados em que atua”

Num comunicado, a dona da Meo responde à concorrente NOS, acusando-a de estar habituada "a controlar os mercados em que atua". Em causa está a decisão da ERC sobre a compra da TVI.

A guerra está aberta. A Altice decidiu responder à operadora concorrente NOS, que esta sexta-feira disse ver “com enorme perplexidade” a decisão do presidente da ERC de votar a favor da compra da Media Capital, viabilizando a passagem do negócio para a fase seguinte. Num comunicado citado pelo jornal Dinheiro Vivo, a dona da Meo diz que o comportamento da NOS é “inadmissível”.

“Após a decisão da ERC e quando se julgava que o processo seguisse o seu caminho legal, eis que num impensável movimento de pressão, inadmissível num mercado maduro de um país europeu e num ato de total desrespeito por quem emite uma opinião fundado daquilo que é a sua crença na legalidade processual, a NOS vem tecer afirmações sobre a decisão da ERC que mostram bem que quem está habituado a controlar os mercados em que atua não aceita a livre concorrência como regra do jogo”, cita o jornal.

E acrescenta: “Talvez por não ter chegado a acordo de parceria estratégica com outro grupo de media por não entender ser interessante financeiramente adquirir a Media Capital — conforme rumores vários de mercado — a NOS refugia-se agora em ataques demonstrativos de total falta de respeito pelo regulador.”

A reação da Altice surge no mesmo dia em que a NOS considerou “incompreensível” e “insustentável” que Carlos Magno, presidente da ERC, tenha votado a favor do negócio da compra da TVI pela Meo — o que viabilizou a passagem da operação pelo crivo deste regulador. “Foi com enorme perplexidade que a NOS constatou o voto de vencido do presidente do conselho regulador da ERC a esta operação, o qual se revela incompreensível e insustentável”, escreveu a operadora de Miguel Almeida num comunicado enviado às redações ao final da manhã desta sexta-feira.

(Notícia atualizada às 17h53 com mais informação)

Comentários ({{ total }})

Altice acusa NOS de “controlar os mercados em que atua”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião