Italian Desk da PLMJ é finalista dos Top Legal Awards

  • ADVOCATUS
  • 20 Outubro 2017

A Italian Desk da PLMJ, coordenada pela sócia Serena Cabrita Neto, integra pelo quarto ano consecutivo a lista de finalistas dos prémios Top Legal Awards

Pelo quarto ano consecutivo, a sociedade de advogados integra a lista de finalistas dos Top Legal Awards, na categoria de melhor desk italiana de sociedades internacionais. Trata-se da única sociedade portuguesa nomeada nos prémios italianos.

A PLMJ é a única sociedade portuguesa nomeada nesta categoria, que visa premiar os escritórios com representação em Itália que mais contribuíram para apoiar os empresários italianos em operações internacionais.

Serena Cabrita Neto, coordenadora da desk italiana da PLMJ, afirma que esta nomeação “representa o reconhecimento, pelo mais prestigiado diretório italiano, do posicionamento que o Italian Desk de PLMJ alcançou nestes cinco anos de existência, que muito nos orgulha e motiva a continuar a trabalhar neste tão relevante mercado”.

O escritório da sociedade em Itália conta com advogados conhecedores da língua, cultura e mercado italianos, e é dedicado a clientes que pretendam investir em Portugal ou noutras jurisdições internacionais cobertas pelos escritórios da PLMJ.

A PLMJ concorre ao lado das sociedades Bryan Cave, Garrigues, Luther, Schoenherr, Skadden Arps Slate Meagher & Flom e Squire Patton Boggs. A entrega dos prémios está agendada para o próximo dia 20 de novembro, em Milão. O painel de júris é composto por especialistas nas áreas como os negócios e as finanças, e é presidido por um representante da Top Legal.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Italian Desk da PLMJ é finalista dos Top Legal Awards

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião