Ganhos modestos no arranque da bolsa após duas sessões em queda

Depois de duas sessões no vermelho, Lisboa recupera parte das quedas da semana passada. Analistas veem bolsa a animar ao longo da semana perante a apresentação das contas pelas empresas nacionais.

A bolsa nacional interrompe uma sequência de duas sessões em baixa depois de ter iniciado o dia com ganhos modestos. Nos primeiros minutos de negociação em Lisboa, destaque para as ações da Ibersol que disparam mais de 5%. Mas atenção: só tinham sido trocadas duas ações. Já os pesos pesados travam maiores ambições na praça portuguesa.

O PSI-20, o principal índice português, abriu com uma valorização tímida de 0,05% para 5.454,69 pontos, impulsionada por nove cotadas. Analistas veem bolsa a animar ao longo da semana perante a apresentação das contas pelas empresas nacionais.

“Tal como na Europa, a época de resultados em Portugal ganhará uma maior dinâmica nos próximos dias, com a publicação das contas trimestrais da Impresa, da Jerónimo Martins e da Navigator”, referem os analistas do BPI no seu Diário de Bolsa.

Nenhuma das cinco cotadas com maior influência em Lisboa está em terreno negativo, à exceção da EDP (0,07% para 3,01 euros). O BCP, que têm sido perturbado pela banca espanhola, está a perder 0,08% para 0,259 euros. Galp, Jerónimo Martins e EDP Renováveis apresentam-se em baixa entre 0,05% e 0,2%.

Em relação à retalhista dona do Pingo Doce, os analistas do CaixaBI esperam um lucro de 292 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano com as vendas a situarem-se nos 11,9 mil milhões de euros. Resultados da Jerónimo Martins são apresentados na próxima quarta-feira.

Na semana em que o Banco Central Europeu (BCE) deverá centrar todas as atenções do mercado, as bolsas no Velho Continente iniciaram o dia condicionadas. O Dax-30 alemão soma 0,06% e o FTSE Mib italiano avança 0,01%, contrapondo-se às perdas em Madrid (-0,45%) e Paris (-0,08%).

(Notícia atualizada às 8h24)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ganhos modestos no arranque da bolsa após duas sessões em queda

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião