Saiba quais são os bairros mais caros de Lisboa e Porto

Lisboa é, de longe, o município mais caro do país, com preços que ultrapassam os 3.000 euros por metro quadrado em algumas freguesias.

O preço das casas aumentou mais de 6% no último ano e o metro quadrado já está nos 896 euros. Mas, entre as várias regiões do país, há grandes diferenças de preços. Do município mais caro (Lisboa) para o mais barato (Figueira de Castelo Rodrigo, na Guarda) do país, vai uma diferença de 2.125 euros por metro quadrado.

Os dados foram divulgados, esta terça-feira, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), que, para os municípios de Lisboa e do Porto, apresenta os preços para cada freguesia. Na capital, os preços chegam a ultrapassar os 3.000 euros por metro quadrado em algumas freguesias. Já a norte, os preços são significativamente mais baixos, mas a Área Metropolitana do Porto é, ainda assim, a quarta região mais cara do país. No município do Porto, o preço mediano do metro quadrado ultrapassa os 1.100 euros e há uma freguesia onde os preços são superiores a 1.700 euros.

Marquês de Pombal é a zona mais cara de Lisboa

Os preços no município de Lisboa aumentaram 15% em relação ao ano passado.

A freguesia de Santo António, onde se encontram zonas como o Marquês de Pombal e a Avenida da Liberdade, é a mais cara do município de Lisboa: o valor mediano do metro quadrado nesta freguesia é de 3.294 euros. Há ainda outras três freguesias onde os preços ultrapassam os 3.000 euros por metro quadrado: Misericórdia (zona do Cais do Sodré e Chiado), Parque das Nações e Santa Maria Maior (a zona em torno da Sé, como o bairro de Alfama).

Estas zonas são também as que apresentam dos maiores aumentos de preços. Na freguesia de Santo António, o preço do metro quadrado disparou 46% em apenas um ano. Na Misericórdia, o aumento em relação ao período homólogo é de 38,2%.

Já Olivais, Beato, Santa Clara e Marvila, na zona oriental e norte de Lisboa, são as freguesias com os preços mais baixos, abaixo dos 1.700 euros por metro quadrado.

Campanhã é a zona mais barata, Foz a mais cara

 

No Porto, o preço do metro quadrado é significativamente mais baixo. A zona mais cara é a União das freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde, com o metro quadrado a custar 1.743 euros, mais 5,3% do que há um ano. O maior aumento verificou-se na União das Freguesias de Lordelo do Ouro e Massarelos, onde o preço do metro quadrado disparou 21,8%, para os 1.237 euros.

Já a freguesia mais barata é a de Campanhã, onde o metro quadrado custa 786 euros, o que corresponde a uma quebra homóloga de 3,4%.

Comentários ({{ total }})

Saiba quais são os bairros mais caros de Lisboa e Porto

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião