A manhã num minuto

  • Rita Frade
  • 7 Novembro 2017

Não sabe o que se passou durante a manhã? Não faz mal. Fizemos um vídeo que reúne as notícias mais importantes, num minuto.

Os juros da dívida portuguesa e o Web Summit estiveram em destaque esta manhã.

Os juros da dívida portuguesa desceram esta terça-feira para menos de 2%, com a taxa a dez anos a recuar para um nível que não se registava desde os primeiros meses de 2015. Isto significa que, apesar do tiro de partida para o fim das compras por parte do Banco Central Europeu (BCE), Portugal está a ser visto com bons olhos por parte das agências de rating, fruto do crescimento económico que alimenta a expectativa de uma redução da dívida do país.

Há um ano ouvimos as expectativas de seis startups portuguesas para o Web Summit. O que será feito delas? Com a segunda edição lisboeta do maior evento de empreendedorismo e tecnologia do mundo, já a decorrer, fomos descobrir se concretizaram as metas que tinham para o evento, se voltam e o que esperam desta vez.

Com a eleição do próximo presidente do Eurogrupo a aproximar-se, a Bloomberg fez uma lista dos candidatos que estão na corrida. Mário Centeno, ministro das Finanças, é um dos cinco que aparece no grupo dos que já começaram a demonstrar interesse — ou a fazer lóbi — para ocupar o lugar de Jeroen Dijsselbloem.

O Banco Central Europeu (BCE) mantém os juros em mínimo histórico. Apesar do dinheiro barato, que facilita a compra de imóveis com recurso a crédito, Mario Draghi diz que não há sinais de que se esteja a criar uma bolha no mercado imobiliário: “Não há sinais de que se esteja a criar uma bolha no mercado imobiliário”.

A bitcoin viu o seu valor aumentar em dez vezes em apenas um ano. Mas este crescimento pode, em breve, ser travado por uma nova barreira: os 8.000 dólares. Segundo alguns analistas, este deve ser o “último grande número” desta criptomoeda.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

A manhã num minuto

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião