Investidores do Montepio têm até 16 de novembro para vender ações

  • Rita Atalaia
  • 8 Novembro 2017

A Associação Mutualista Montepio Geral alerta que os acionistas do Montepio têm até 16 de novembro para venderem as ações. No fim deste prazo, a entidade vai exercer o direito potestativo.

A Associação Mutualista Montepio Geral, que detém 99,7% do Montepio, propõe-se a comprar as ações da instituição financeira que ainda não detém até 16 de novembro. A entidade liderada por Tomás Correia vem assim relembrar o prazo de aceitação desta oferta voluntária de aquisição, através da qual vai pagar um euro por cada título. Terminado este prazo, a Associação vai exercer o seu direito potestativo junto dos acionistas que não aceitem a oferta.

“A presente proposta é válida a partir da presente data até ao dia 16 de novembro de 2017 (ambos inclusive)”, refere a Associação Mutualista num anúncio publicado esta quarta-feira no Diário de Notícias. “Durante o período referido, os senhores acionistas da Caixa Económica Montepio Geral que pretendam aceitar a proposta constante deste anúncio deverão transmitir a sua ordem de venda ao intermediário financeiro legalmente autorizado junto do qual tenham depositadas as respetivas ações”, acrescenta.

Durante o período referido, os senhores acionistas da Caixa Económica MG que pretendam aceitar a proposta constante deste anúncio deverão transmitir a sua ordem de venda ao intermediário financeiro legalmente autorizado junto do qual tenham depositadas as respetivas ações.

Associação Mutualista Montepio Geral

Depois de terminado este período, a Associação Mutualista exercerá o seu direito potestativo de aquisição das ações dos acionistas que não aceitem voluntariamente a oferta de compra. A liquidação ocorrerá a 17 de novembro.

Em setembro, a Associação Mutualista concluiu com sucesso a Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre o Montepio Geral. A entidade liderada por Tomás Coreia conseguiu comprar 98,28% do fundo do banco, o suficiente para retirar o Montepio de bolsa e abrir a porta aos acionistas da economia social. Nesta oferta, a Associação Mutualista pagou um euro por cada título não detido. Com esta compra, e a participação direta que já detinha, a Associação ficou com 99,7% do capital do banco.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Investidores do Montepio têm até 16 de novembro para vender ações

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião