Apple pode valer um bilião já no próximo ano

  • ECO
  • 16 Novembro 2017

Lançamento do iPhone X, utilizadores que têm de atualizar os seus equipamentos e renascimento da Apple na China devem colocar multinacional tecnológica na marca do bilião de dólares.

Todas as estrelas estão alinhadas para que a empresa liderada por Tim Cook atinja, nos próximos 12 meses, a marca do bilião de dólares. O lançamento do iPhone X, o número de utilizadores que precisam de atualizar os seus equipamentos e o renascimento da multinacional da maçã na China deverão colocar a Apple nesse novo patamar. A previsão é de Daniel Ives, analista da GBH Insights.

Atualmente, o valor total (isto é, o montante resultante da soma de todas as ações em circulação) da empresa fundada por Steve Jobs é 868 mil milhões de dólares, com cada ação a valer 171 dólares. Segundo a nota enviada pelo analista, esta quinta-feira, à CNBC, em 2018, os títulos da Apple podem chegar aos 230 dólares, o que representaria uma valorização de 35% que colocaria a capitalização bolsista acima do bilião de dólares.

Daniel Ives prevê que sejam vendidos 258 milhões de iPhones 8, 8 Plus e X, até ao final de setembro do próximo ano, derrubando o recorde anterior de 231 milhões de unidades em 2015 (com o iPhone 6). Além disso, o analista realça que há mais de 350 milhões de utilizadores que detém produtos com dois anos. Desses, uma porção considerável precisa, portanto, de ser atualizada.

Não é, contudo, nem no novo lançamento nem na substituição de equipamentos que se esconde o fim do arco-íris (e, consequentemente, o pote de ouro). A área onde a margem para crescer é maior é a dos serviços (como a Apple Music). Com o aumento da base de utilizadores, estes recursos podem gerar receitas na ordem dos 50 mil milhões de dólares, em 2020 (no último trimestre, por exemplo, esta área de negócio trouxe à multinacional 8,5 mil milhões de dólares).

A somar a todos estes catalisadores, está o renascimento da Apple na China com o lançamento do iPhone X. Nos últimos 18 meses, a empresa de tecnologia norte-americana tem enfrentado alguns obstáculos, no maior mercado de smartphones do mundo, que deverá ser resolvido com este novo equipamento. Ives termina, estimando que 100 milhões de pessoas usem produtos da Apple, nesse país. Destas, metade terão de atualizar os seus telemóveis, nos próximos 12 a 18 meses.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Apple pode valer um bilião já no próximo ano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião