Acionistas aprovam saída do mercado de capitais. Sumol+Compal diz adeus à bolsa

Acionistas da Sumol+Compal aprovaram a saída da empresa da bolsa de Lisboa.

Os acionistas da Sumol-Compal aprovaram em assembleia-geral a saída da bolsa de Lisboa. Decisão foi tomada esta quinta-feira após luz verde dada por 94% dos acionistas da empresa.

“O Conselho de Administração da Sumol+Compal ficou encarregado de, de imediato, promover, junto da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a tramitação necessária com vista ao cumprimento desta deliberação”, lê-se no comunicado da empresa enviado ao mercado.

Apenas o BPI Portugal, detentor de 0,52% do capital, votou contra a proposta que foi levada a assembleia geral pelos dois principais acionistas, a Refrigor e a Frildo.

Fonte próxima da Refrigor, acionista maioritária, tinha adiantado ao ECO que a empresa entendia que “com o baixo free float não se justifica a manutenção da Sumol+Compal na Euronext Lisbon”. E “estão reunidas as condições” para que isso aconteça, assegurava a mesma fonte. “Têm que haver acionistas disponíveis para adquirirem as ações daqueles outros acionistas que não votarem a favor da perda da qualidade de sociedade aberta”, indicou.

Com esta saída, são já três as saídas da bolsa de Lisboa em 2017, depois da Cimpor e do Montepio.

As ações da Sumol+Compal estão a cair 2,32% para 1,641 euros. No primeiro semestre, a Sumol+Compal registou um lucro de 2,9 milhões de euros, o dobro do que havia alcançado no mesmo período de 2016.

(Notícia atualizada às 11h14)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Acionistas aprovam saída do mercado de capitais. Sumol+Compal diz adeus à bolsa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião