Embraer dispara 30% após notícia de negócio com Boeing

  • Marta Santos Silva
  • 21 Dezembro 2017

As negociações estarão, por agora, suspensas, já que as duas empresas esperam informação do Governo do Brasil sobre se aprovaria uma compra da Embraer pela Boeing.

Após conversações entre a Boeing e a Embraer, para uma possível aquisição da segunda pela primeira, terem sido tornado públicas pelo Wall Street Journal, a empresa brasileira chegou a subir 30% nas bolsas norte-americanas, e 2,6% em São Paulo, escreve a Reuters.

As negociações estarão agora suspensas, explicou o Wall Street Journal, enquanto as empresas esperam um sinal do Governo brasileiro sobre se aceitaria uma aquisição da Embraer pela Boeing, num negócio que deverá envolver uma capitalização de mercado da Embraer de cerca de 3,71 mil milhões de dólares.

O Wall Street Journal também assinalou que a Boeing quererá proteger a marca da Embraer, assim como os empregos e os quadros de gestão da empresa — será, escreve o jornal, uma tentativa de ganhar o favor do Governo brasileiro, assim como protegendo os interesses do Governo.

No terceiro trimestre de 2017, escreve O Globo, a Embraer conseguiu reverter o seu prejuízo do ano anterior, transformando-o num lucro de 89,4 milhões de euros. O EBITDA, calculado antes dos juros, impostos, amortização e depreciação, chegou aos 112 milhões de euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Embraer dispara 30% após notícia de negócio com Boeing

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião