Bitcoin tem semana negra. Perde mais de um quarto do valor desde recorde

  • Juliana Nogueira Santos
  • 22 Dezembro 2017

Após ter atingido os 19.500 dólares na segunda-feira, a bitcoin desvalorizou, acumulando perdas semanais como já não tinha desde 2015. Já perdeu 27% do seu valor.

Pode ter sido mais uma semana de recordes para a bitcoin, mas a moeda virtual mais popular do mundo não se livrou de uma semana negra. Após ter atingido os 19.500 dólares na segunda-feira, a bitcoin seguiu a desvalorizar, acumulando perdas semanais como já não tinha desde 2015.

Na sessão desta sexta-feira, a criptomoeda já esteve a cair 20,76% para 12.191,79 dólares, seguindo a negociar nos 12.912 dólares. Com este deslize, as perdas semanais totalizam já os 27%, numa semana negra como já não se via desde janeiro de 2015.

Bitcoin regista pior semana desde 2015

Fonte: Bloomberg

Sendo este um ativo altamente volátil, que tal como aconteceu esta semana, pode perder quatro mil dólares de valor em poucos dias, não há razão aparente para esta pressão vendedora. No entanto, e para os investidores abordados pela Bloomberg, trata-se de um “choque de realidade”.

Stephen Innes, da Asia Pacific, afirmou à agência que “no cerne da questão está a procura frenética por moedas com uma oferta limitada que levou a ter investidores não sofisticados” a controlar este ativo. Agora estão a ter “um choque de realidade”.

Ainda assim, não foi só a bitcoin a perder valor. Também a Ethereum, a segunda criptomoeda mais popular do mundo, derrapou 26% nas últimas 24 horas, e a Bitcoin Cash perdeu 38% no mesmo período, segundo dados do coinmarketcap.com.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Bitcoin tem semana negra. Perde mais de um quarto do valor desde recorde

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião