Já não há mais jantares no Panteão

  • ECO
  • 17 Janeiro 2018

Ministro da Cultura afirmou que só serão permitidos "eventos culturais" no Panteão. E os preços vão aumentar.

O ministro da Cultura afirmou esta terça-feira que só serão permitidos “eventos culturais” no Panteão. Fica proibida a realização de refeições em espaços com este estatuto, adiantou Luís Filipe Castro Mendes no Parlamento.

“No Panteão Nacional só podem ser autorizados eventos especiais de natureza cultural. Fica também estabelecida uma regra geral que proíbe a realização de refeições em espaços com estatuto de panteão”, afirmou ontem o governante, citado pela TSF.

Luís Filipe Castro Mendes deixou a ressalva, porém, de que a proibição “não se aplica a todo o edificado mas apenas aos espaços com característica de panteão”. É o caso do Mosteiro dos Jerónimos e do Mosteiro da Batalha. Por outro lado, os preços vão aumentar, disse.

De acordo com o ministro da Cultura, o novo regulamento para cedências de espaços no âmbito da Direção-Geral do Património vai ser publicado “muito em breve”.

Comentários ({{ total }})

Já não há mais jantares no Panteão

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião