Governo espanhol vai recorrer da candidatura de Puigdemont

  • Juliana Nogueira Santos
  • 25 Janeiro 2018

O Governo afirma que o antigo presidente catalão, asilado em Bruxelas, não pode ser investido no cargo, mesmo que viesse a ganhar as eleições, porque não pode entrar no país.

O Governo espanhol vai recorrer da candidatura de Carles Puigdemont à presidência do Governo catalão, visto que este não goza de liberdade de circulação em território espanhol. A decisão do Governo foi anunciada esta quinta-feira por Soraya Sáenz de Santamaría, vice-presidente espanhola, e aponta para o Tribunal Constitucional o apuramento da legalidade da candidatura.

“Se a candidatura fosse aceite, pressuporia paralisar os efeitos da decisão porque o estado atual do senhor Puigdemont é incompatível com a sua comparência na Câmara. Não goza do direito à liberdade de circulação por isso, logo que entre em território nacional deve ser posto à disposição da justiça“, apontou Sáenz.

O Governo afirma assim que o antigo presidente catalão, asilado em Bruxelas, não pode ser investido, mesmo que viesse a ganhar as eleições, porque não pode entrar no país. O Executivo liderado por Mariano Rajoy pretende também que o Conselho de Ministros defina concretamente as condições da investidura, ou seja, se tem de ser presencialmente ou, por exemplo, por Skype.

O nome de Puigdemont para a liderança da Generalitat partiu de Roger Torrent, presidente do parlamento catalão, e foi conhecida na mesma altura em que Torrent anunciou que enviou uma carta ao presidente do Governo, Mariano Rajoy, para dialogar sobre “a situação anómala que vive o Parlamento”.

Espanha retirou, em dezembro, o mandato de captura internacional a Carles Puigdemont, mas o antigo presidente continua proibido de entrar em território espanhol.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Governo espanhol vai recorrer da candidatura de Puigdemont

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião