Hugo Figueiredo substitui Nuno Artur Silva na administração da RTP

A área de conteúdos será liderada por Hugo Figueiredo por escolha do Conselho Geral Independente, após o afastamento de Nuno Artur Silva.

O Conselho Geral Independente (CGI) nomeou Hugo Figueiredo para ser o vogal do conselho de administração da RTP dedicado à área de conteúdos, após ter afastado Nuno Artur Silva, segundo um comunicado do CGI. O mandato da atual administração termina este mês. A nova administração, que continua a ser liderada por Gonçalo Reis, fica até 2020. Ainda não se sabe quem ficará responsável pela área financeira.

A personalidade nomeada para ser vogal da área financeira está pendente do parecer de Mário Centeno, cuja decisão é vinculativa. “Na sequência de contactos posteriores com o Dr. Gonçalo Reis, o Conselho Geral Independente procedeu à designação dos dois outros membros do Conselho de Administração: o Eng.º Hugo Graça Figueiredo e, para a área financeira, uma personalidade cuja designação foi submetida, nos termos da lei, ao parecer prévio e vinculativo do Ministro das Finanças“, lê-se no comunicado do CGI.

Esta decisão tomada pelo Conselho Geral Independente, liderado por António Feijó, ocorre depois do afastamento de Nuno Artur Silva e de Cristina Tomé. “O Conselho Geral Independente convidou, em 25 de janeiro, o Dr. Gonçalo Reis a apresentar um Projeto Estratégico para o próximo triénio, elaborado à luz das Linhas de Orientação Estratégica que o Conselho entretanto publicou”, explica o CGI.

Hugo Figueiredo foi administrador e presidente executivo do jornal Público, mas também já passou pela administração da Rádio Nova e teve funções de direção na Nos e Optimus. Foi também vice-presidente da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações (APDC). É formado em engenharia civil pelo Instituto Superior Técnico e tem um MBA pela Universidade Nova de Lisboa. Atualmente é professor de comunicação na Porto Business School e consultor de marketing em projetos ligados à educação.

A renovação da equipa do presidente da RTP, Gonçalo Reis, acontece depois de no final de janeiro o CGI ter afastado Nuno Artur Silva dada a “irresolução do conflito de interesses entre a sua posição na empresa e os seus interesses patrimoniais privados“. Em causa está o facto das Produções Fictícias — uma das produtoras de televisão do mercado — ser propriedade do ex-vogal da RTP. Apesar de dizer que Nuno Artur Silva não resolveu o conflito de interesses, o CGI também admite que não verificou que “isso tenha sido lesivo da empresa, no decurso do seu mandato”.

Esta quarta-feira mais de 200 personalidade da cultura e media assinaram uma carta aberta a questionar e repudiar a saída de Nuno Artur Silva do conselho de administração da RTP. Entre as assinaturas está o deputado João Galamba, o escritor José Eduardo Agualusa e o cantor Salvador Sobral. “Conhecem alguém mais competente para este cargo do que Nuno Artur Silva? Nós, não“, lê-se na carta aberta.

(Notícia atualizada às 17h50)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Hugo Figueiredo substitui Nuno Artur Silva na administração da RTP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião