Ministro da Saúde garante pagamento de dívidas aos fornecedores dos hospitais dentro de dias

  • Lusa
  • 16 Fevereiro 2018

No final do primeiro trimestre, vai ser atingido “o valor mais baixo de sempre de pagamentos em atraso no Serviço Nacional de Saúde”, acrescentou o ministro da Saúde.

O ministro da Saúde garantiu hoje que o dinheiro para pagamento de dívidas dos hospitais aos fornecedores já está nas Unidades de Saúde e que está “a ser finalizado o processo de definição dos pagamentos”.

Adalberto Campos Fernandes falava aos jornalistas à margem da cerimónia que assinalou os 60 anos do Instituto Português do Sangue e da Transplantação, comentando assim uma notícia de hoje do Jornal de Notícias que diz que o ministro das Finanças bloqueou as verbas para os hospitais pagarem as dívidas aos seus fornecedores.

Segundo o ministro, está-se neste momento no processo de “categorizar os fornecedores” e “dentro de dias será feita a liquidação de faturas”. O ministro realçou ainda que, no final do primeiro trimestre, vai ser atingido “o valor mais baixo de sempre de pagamentos em atraso no Serviço Nacional de Saúde”.

Campos Fernandes considerou que há atualmente “uma tentativa de fazer da saúde um alvo fácil”, considerando que o setor “está sob uma atenção especial de alguma oposição”. Para o ministro, “trabalhar em cima do ruído é difícil”, defendendo por isso que se trabalhe “com a verdade”.

O governante considera que a oposição tem dado a ideia, por exemplo, de que as listas de espera no Serviço Nacional de Saúde (SNS) têm piorado, garantindo que na próxima semana mostrará indicadores que demonstram “maior acesso”, com mais doentes assistidos e operados.

Comentários ({{ total }})

Ministro da Saúde garante pagamento de dívidas aos fornecedores dos hospitais dentro de dias

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião