Galp aumenta lucro e dividendo mas ações descem 3%. Porquê?

A Galp aumentou lucros e dividendos em 2017 mas o mercado está pouco convencido com os números apresentados pela petrolífera. Ações descem 3% em Lisboa. O que se passa?

A Galp Energia conseguiu aumentar os lucros em 2017 para os 602 milhões de euros e com isso vai melhorar o dividendo a distribuir aos acionistas. São boas notícias? Aparentemente, sim. Mas o mercado não está tão convencido com os números apresentados esta terça-feira pela petrolífera. E as ações derrapam 3% em Lisboa. O que se passa?

Para os analistas do BPI CaixaBank, o aumento do dividendo em 10% para os 55 cêntimos “deveria ser bem recebido pelo mercado”, estando suportado pela geração de fluxos de caixa. Mas não é isso que está a acontecer. Os títulos da Galp já estiveram a cair 3% esta manhã no PSI-20 e encontram ainda sob pressão vendedora com uma queda de 1,84% para 14,425 euros.

A verdade é que “o guidance para o capex [investimento] parece algo desapontante considerando as poupanças com as eficiências geradas no Brasil“, explica aquele banco de investimento. Um fraco investimento que levam os analistas Flora Trindade e Bruno Silva a manter uma recomendação de “neutral” para a ação.

"Embora a Galp tem revisto em alta o seu dividendo para 2018, em linha com a forte capacidade de geração de fluxos de caixa, estamos desapontados com o guidance para o capex.”

Analistas do BPI

“Embora a Galp tem revisto em alta o seu dividendo para 2018, em linha com a forte capacidade de geração de fluxos de caixa, estamos desapontados com o guidance para o capex“, comentam aqueles dois especialistas do BPI numa avaliação global aos resultados da Galp. Também veem os atuais preços dos futuros no barril de petróleo para o resto deste ano a limitar os resultados da petrolífera liderada por Carlos Gomes da Silva.

Além da desilusão no capex, também os resultados da Galp no quarto trimestre ficaram abaixo das estimativas do BPI. O EBITDA — lucro antes de impostos, juros, depreciações e amortizações — ficou nos 489 milhões de euros nos últimos três meses do ano, aquém dos 495 milhões esperados pelos analistas.

Ações da Galp sob pressão

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Galp aumenta lucro e dividendo mas ações descem 3%. Porquê?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião