Miranda está nomeada na categoria de “International Firm of the Year”

A sociedade está nomeada nos Legal Business Awards 2018. Estes prémios são promovidos pela revista britânica Legal Business.

A Miranda está nomeada na categoria de “International Firm of the Year” no âmbito dos Legal Business Awards 2018. Estes prémios são promovidos pela prestigiada revista britânica Legal Business e visam premiar, anualmente, as firmas e os profissionais que mais se destacaram no setor da advocacia empresarial.

“O reconhecimento por parte de uma publicação de referência no setor como a Legal Business é mais um sinal de que estamos no caminho certo. Esta nomeação surge dias depois do diretório internacional Chambers & Partners ter distinguido a Miranda com o prémio de ‘Lusophone Africa Law Firm of the Year’. São sinais claros da solidez da nossa estratégia e da satisfação dos nossos clientes nas diferentes jurisdições e setores de atividade onde atuamos” afirma Diogo Xavier da Cunha, Presidente do Conselho de Administração da Miranda. E acrescenta: “Todos os prémios e nomeações são fruto de um trabalho conjunto. Sem o empenho diário e permanente dos colegas que diariamente trabalham connosco em Portugal ou nos países abrangidos pela Miranda Alliance, certamente não estaríamos a iniciar o ano de forma tão positiva”.

Os vencedores dos Legal Business Awards 2018 serão conhecidos no próximo dia 18 de abril, numa cerimónia que irá ter lugar no Grosvenor House Hotel, em Londres.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Miranda está nomeada na categoria de “International Firm of the Year”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião