Farfetch mais perto da bolsa. IPO pode acontecer ainda este ano

  • ECO
  • 10 Março 2018

A empresa liderada por José Neves está a acelerar rumo à bolsa. A entrada no mercado de capitais, nos EUA, poderá acontecer ainda este ano.

A Farfetch está cada vez mais perto da bolsa. A empresa criada por José Neves contratou banqueiros de dois bancos de investimento internacionais para liderarem os preparativos para uma oferta pública inicial (IPO, na sigla inglesa), operação que, diz o Financial Times (acesso pago), poderá acontecer até ao final deste ano.

O jornal britânico revela que a Farfetch, uma das poucas empresas europeias avaliada em mais de mil milhões de euros, o que lhe confere o estatuto de unicórnio entre as startups, foi contratar banqueiros ao JPMorgan e ao Goldman Sachs. Esta movimentação dá força à ideia de que estará para breve a entrada no mercado de capitais dos EUA.

De acordo com fontes próximas da empresa, a ambição de cotar em bolsa surge depois de a Farfetch ter alcançado um acordo de distribuição com a Burberry e de fazer uma parceria com a Chanel.

Esta movimentação por parte da empresa portuguesa surge apenas semanas depois de a Richemont, dona da Cartier, ter apresentado uma oferta para compra a Net-a-Porter, a maior retalhista de luxo online em termos de vendas, nota o FT. Esta operação vem demonstrar o apetite que empresas como a de José Neves têm no mercado.

Apesar do forte crescimento, que levou a avaliação a disparar, a Farfetch revelou recentemente as contas de 2016. Ainda não conseguiu apresentar resultados positivos, registando perdas de 35,4 milhões de libras (39,8 milhões de euros) antes de impostos. As receitas nesse ano foram de 151,3 milhões (170 milhões de euros).

Comentários ({{ total }})

Farfetch mais perto da bolsa. IPO pode acontecer ainda este ano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião