Investigação a Paulo Gonçalves do Benfica está na internet

O Expresso avança que a investigação ao assessor jurídico do Benfica está disponível no blogue "Mercado de Benfica".

O inquérito do caso E-toupeira – que envolve o assessor jurídico do Benfica – foi divulgado esta sexta-feira no blogue Mercado de Benfica.

O documento, em segredo de justiça, tem 29 páginas e refere os pormenores da investigação ao assessor jurídico do Benfica, Paulo Gonçalves, e ao oficial de justiça José Augusto Nogueira da Silva, que se encontra em prisão preventiva.

Paulo Gonçalves é suspeito de corrupção ativa. O Ministério Público e a Polícia Judiciária têm fortes indícios de que o funcionário da SAD do Benfica terá recebido informação confidencial de investigações em curso sobre o clube por parte do funcionário judicial que está preso preventivamente. Já Paulo Gonçalves aguarda o resultado da investigação em liberdade.

As medidas de coação decididas pela juíza de instrução criminal, Cláudia Pina, foram mais gravosas para o técnico de informática do Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça. Por ser funcionário judicial, ficou sujeito à medida de coação mais pesada, a prisão preventiva, tal como tinha sido pedido pelo Ministério Público.

Já Paulo Gonçalves pode continuar a exercer funções no clube liderado por Luís Filipe Vieira, isto apesar de o Ministério Público ter pedido para que o assessor jurídico da SAD fosse proibido de entrar no estádio da Luz.

A SAD do Benfica pode ainda ser constituída arguida caso se prove que tenha sido beneficiada da informação alegadamente recolhida por Paulo Gonçalves.

O caso e-toupeira tem mais três arguidos: dois funcionários judiciais e um agente desportivo.

De acordo com o documento da 9ª secção do DIAP de Lisboa, José Augusto Nogueira da Silva terá tido acesso ao inquérito a Bruno de Carvalho (depois das denúncias da Federação Portuguesa de Futebol contra o declarações do presidente do Sporting no programa “Prolongamento”, na TVI24, em 2015). Também acedeu ao processo relacionado com a denúncia anónima contra o Benfica por alegado esquema de corrupção na arbitragem.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Investigação a Paulo Gonçalves do Benfica está na internet

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião