Operação e-toupeira: Benfica vai solicitar audiência urgente à PGR e reafirma confiança em Paulo Gonçalves

O Benfica já reagiu à detenção do seu assessor jurídico, Paulo Gonçalves, acusado de corrupção. O clube adiantou que vai pedir uma audiência urgente à Procuradora-Geral da República.

O Benfica já reagiu à detenção de Paulo Gonçalves, assessor jurídico da SAD do clube, mostrando a sua “confiança e convicção” de que Paulo Gonçalves, o assessor jurídico que foi detido esta terça-feira, “terá oportunidade de provar a legalidade dos seus procedimentos”. O clube vai ainda solicitar uma audiência urgente à Procura Geral da República.

Num comunicado publicado na página oficial do clube, o Benfica confirmou a realização de buscas às suas instalações, sublinhando a “total disponibilidade em colaborar com as autoridades no integral apuramento da verdade”. O clube mostrou-se confiante na defesa de Paulo Gonçalves: “A Sport Lisboa e Benfica SAD manifesta a sua confiança e convicção de que o Dr. Paulo Gonçalves terá oportunidade, no âmbito do processo judicial, de provar a legalidade dos seus procedimentos”.

Na mesma publicação, os encarnados adiantam ainda que vão solicitar “com caráter de urgência uma audiência à senhora Procuradora-Geral da República, pelas reiteradas e constantes violações do segredo de Justiça, sobre os processos que envolvem o clube, numa estratégia intencional e com procedimentos fáceis de serem investigados, como hoje foi claramente comprovado”.

Esta terça-feira, Paulo Gonçalves foi detido em sua casa, em Santarém, por suspeitas de corrupção ativa. No âmbito da operação, batizada de e-toupeira pela Polícia Judiciária, foi ainda detido um outro suspeito, Júlio Loureiro, e constituídos três arguidos — dois oficiais de justiça e um agente de futebol. De acordo com a informação disponível até ao momento, o assessor jurídico do Benfica recebia informações sobre processos e futuras buscas.

Comentários ({{ total }})

Operação e-toupeira: Benfica vai solicitar audiência urgente à PGR e reafirma confiança em Paulo Gonçalves

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião