Terminal de contentores no Barreiro concluído “em 2022 ou 2023”. Chineses interessados em investir

  • ECO
  • 24 Março 2018

A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, admitiu que existem investidores chineses interessados no terminal de contentores no Barreiro, que estará concluído "em 2022 ou 2023".

A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, revelou que o novo terminal de contentores no Barreiro deverá estar pronto “em 2022 ou 2023, dependendo do que sair da avaliação de impacto ambiental”. A governante disse ainda que, além do terminal de Sines, investidores chineses “têm-se mostrado” interessados em investir neste novo terminal.

“Os investidores chineses têm-se mostrado mais interessados no novo terminal de Sines, mas também no do Barreiro. Temos tido manifestações de interesse de grandes operadores mundiais e também de investidores que não têm um percurso na área portuária, mas que têm interesse nas áreas relacionadas com os portos, principalmente para os portos de Sines, Lisboa e Leixões”, afirmou Ana Paula Vitorino, em entrevista à TSF e Dinheiro Vivo.

Na mesma entrevista, a ministra indicou que têm existido demonstrações de interesse de “grupos do norte da Europa que pretendem instalar-se em Portugal e que estão a começar a analisar o mercado”. “Acham que este pacote de investimento nos portos vai criar oportunidades não só na atividade portuária mas em todas as atividades conexas”, disse. Porém, escusou-se a revelar nomes: “Os privados, quando quiserem anunciar, anunciam”.

Questionada sobre o que falta para a economia do mar dar “o grande salto económico” que há muito é prometido, Ana Paula Vitorino disse que falta “fazer acontecer”. “Já foram feitas muitas estratégias. Eu tomei logo uma decisão no início que foi não fazer mais nenhuma estratégia, ou seja, vou assumir como boa a estratégia que existe e que foi desenvolvida pelo governo anterior, até 2020. Depois, se houver algum ajustamento a fazer, faz-se. Exatamente para que se possa começar a não perder tempo a fazer a enésima estratégia, mas a preparar os projetos.”

O novo terminal do Barreiro será um terminal multiúsos, não só para contentores mas também para “suporte em termos de movimentação portuária”. O Governo está também a negociar a “ampliação” do terminal de Sines.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Terminal de contentores no Barreiro concluído “em 2022 ou 2023”. Chineses interessados em investir

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião