Collision, a irmã do Web Summit, muda-se para Toronto

Depois de Las Vegas e Nova Orleães, a conferência 'irmã' do Web Summit muda-se para o Canadá. Impacto económico para o país deverá ser de 147 milhões de dólares nos próximos três anos.

A conferência Collision, que se tornou uma das maiores de tecnologia na América do Norte e que pertence à Web Summit, empresa que organiza o evento com o mesmo nome em Lisboa, acaba de anunciar que se muda para Toronto, no Canadá, em 2019.

A Collision realizou-se durante os últimos quatro anos em Los Angeles e Nova Orleães, nos Estados Unidos. A novidade da mudança de país foi anunciada em vídeo pelo próprio presidente canadiano, Justin Trudeau.

 

De acordo com Paddy Cosgrave, fundador da Web Summit, a mudança para a região de Toronto esteve relacionada com a “dimensão do setor de tecnologia e a diversidade e inclusão do Canadá”. A Collision 2019 vai realizar-se no Enercare Centre, em Toronto. Na quinta e última edição, este ano, a conferência passará dos iniciais 5.000 participantes para as 25.000 pessoas, de acordo com as previsões da organização.

Segundo estimativas da Web Summit, a conferência que agrega 12 palcos em simultâneo deverá atrair para Toronto, nos próximos três anos, mais de 90.000 participantes e ter um impacto económico de 147 milhões de dólares.

(Notícia corrigida a 4 de maio às 20h54: onde se lia “900.000 participantes” deve ler-se “90.000 participantes”).

Comentários ({{ total }})

Collision, a irmã do Web Summit, muda-se para Toronto

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião