Ministro reuniu com China Three Gorges antes da OPA à EDP

  • ECO
  • 19 Maio 2018

Siza Vieira encontrou-se com a empresa chinesa que é assessorada pela empresa onde trabalhou antes de entrar no Governo. O encontro aconteceu antes da apresentação da OPA à EDP.

O ministro Adjunto Pedro Siza Vieira, que foi sócio da Linklaters antes de entrar no Governo, encontrou-se com os clientes da sua antiga empresa, a China Three Gorges, quando já estava no posto no Executivo, escreve este sábado o Expresso (acesso condicionado). O encontro aconteceu antes do anúncio da Oferta Pública de Aquisição (OPA) desta empresa chinesa à EDP.

O gabinete do ministro confirmou ao Expresso que este encontro aconteceu, sem revelar a data concreta. Desde então, Pedro Siza Vieira já pediu ao primeiro-ministro para que não lhe fossem atribuídas matérias relacionadas com o “setor elétrico” durante a OPA à EDP, devido ao Código de Conduta criado para o Executivo. Antes de ser ministro, Siza Vieira fez parte da equipa de advogados que propôs uma alteração legislativa, sob a atenção de António Costa, que facilitará a OPA da EDP pela China Three Gorges.

Confrontado com esta informação, Siza Vieira respondeu ao Expresso que o seu encontro com a China Three Gorges fora feito na mesma qualidade que “dezenas de reuniões realizadas com empresários e grupos empresariais, nacionais e estrangeiros, desde que assumiu funções”. Acrescentou que o presidente da China Three Gorges, Lu Chun, não esteve no encontro.

Antes do pedido de escusa relativo a este setor, “o primeiro-ministro solicitou ao ministro-adjunto que se ocupasse, especificamente, de determinadas matérias relativas ao setor elétrico”, continua a nota enviada por Siza Vieira ao semanário.

Comentários ({{ total }})

Ministro reuniu com China Three Gorges antes da OPA à EDP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião