Segunda fase da venda da CGD em Espanha já arrancou

  • Juliana Nogueira Santos
  • 22 Junho 2018

A data foi publicada em Diário da República, com o Governo a definir o prazo de apresentação de candidaturas para as 17h00 do dia 10 de setembro. 

A segunda fase da venda do Banco Caixa Geral começa esta segunda-feira, dia 25 de junho de 2018. A data foi anunciada esta sexta-feira em Diário da República, com o Governo a definir o prazo de apresentação de candidaturas para as 17h00 do dia 10 de setembro.

“A segunda fase do processo de alienação de ações objeto da operação de venda direta aprovada pelo artigo 3.º do Decreto-Lei n.º 153/2017, de 28 de dezembro, referente à sociedade Banco Caixa Geral, inicia-se a 25 de junho de 2018”, pode ler-se na publicação.

Já são conhecidos os três interessados no Banco Caixa Geral, sendo eles o banco Abanca, o Crédito Social Cooperativo (Cajamar) e o fundo norte-americano Cerberus European Investments. De fora desta corrida ficaram o Caja Rural Castilla-La Mancha, o Socrates Capital Holdings Limited e a Weston Hill Asset Management, SL.

Estes têm agora às 17h00 do dia 10 de setembro para apresentarem as suas propostas vinculativas. O dossiê sobre a venda da subsidiária espanhola do banco estatal português foi entregue por Centeno a Mourinho Félix, que tem agora a responsabilidade de fixar as condições da venda, incluindo o preço.

“Subdelego no secretário de Estado […] os meus poderes para, no âmbito da realização de cada um dos processos de alienação de participações sociais […], definir o preço unitário de alienação das ações, proceder à seleção dos interessados que integram cada uma das fases do processo, bem como aprovar as minutas dos instrumentos jurídicos”, afirmou Mário Centeno no diploma.

A redução da operação da CGD fora de Portugal foi acordada em 2017 com a Comissão Europeia como contrapartida da recapitalização do banco público. Esta inclui a venda do Banco Caixa Geral em Espanha e o Mercantile Bank na África do Sul.

Notícia atualizada às 10h20 com mais informação.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Segunda fase da venda da CGD em Espanha já arrancou

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião