Altice “repudia” corte de preços da TDT decidido pela Anacom. Diz que vai agravar “prejuízos” com o serviço

A Altice "estranha" a decisão da Anacom de cortar em mais de 15% os preços pagos pela RTP, SIC e TVI pelo serviço de TDT. Operadora vai contestar.

A Altice diz que foi “surpreendida” quando soube da proposta da Anacom para cortar em mais de 15% o preço que os canais de televisão pagam para estarem na grelha da TDT. Num comunicado, a empresa “estranha” o sentido provável de decisão do regulador e garante que, a avançar, a medida vai agravar ainda mais os “prejuízos” em que a operadora “vem incorrendo com a TDT”. Isto de forma “completamente inesperada, infundada e injusta”.

Para a dona da Meo, os preços “estão abaixo dos custos”, “abaixo dos preços apresentados no concurso” e “fazem com que o projeto TDT se mantenha num nível muito deficitário para a Altice Portugal”. A empresa “não reconhece” que estejam verificadas as condições legais para uma intervenção deste género por parte do regulador e garante que vai tomar uma “posição formal”.

“A manter-se este sentido provável de decisão do regulador, a Altice Portugal será confrontada com o agravamento dos prejuízos em que vem incorrendo com a TDT”, garante a empresa. Isto “não obstante estar a cumprir todas as suas obrigações de cobertura, não-discriminação e transparência”, aponta a empresa liderada por Alexandre Fonseca.

O desrespeito e desprezo da Anacom pelo setor merece a total oposição da Altice Portugal.

Altice Portugal

Nesse sentido, a Altice garante que vai “pronunciar-se e expor o seu entendimento à Anacom no âmbito do processo de audiência prévia em curso”. Acusa ainda a o regulador, liderado por João Cadete de Matos, de não primar pela boa-fé e de “comunicar as suas propostas e decisões à opinião pública sem dialogar com os operadores”. “O desrespeito e desprezo da Anacom pelo setor merece a total oposição da Altice Portugal”, reforça a companhia.

A dona da Meo termina, recuperando ainda o caso da tentativa falhada da compra da Media Capital, dona da TVI. Lembra que “várias entidades” alertaram para a “suposta incapacidade dos reguladores setoriais poderem efetivamente zelar e garantir o cumprimento das obrigações da Altice relativamente à TDT”, algo que se demonstra “uma falácia” com esta decisão da Anacom de obrigar a Meo a cortar os preços do serviço.

(Notícia atualizada às 20h49 com mais informações)

Comentários ({{ total }})

Altice “repudia” corte de preços da TDT decidido pela Anacom. Diz que vai agravar “prejuízos” com o serviço

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião