Fundo de Resolução quer manter Miguel Barbosa como presidente da Oitante

  • Lusa
  • 6 Julho 2018

O Fundo de Resolução propôs ao Banco de Portugal a manutenção de Miguel Barbosa como presidente do Conselho de Administração da Oitante. Francisco Ramalho ocupa o cargo de vice-presidente.

O Fundo de Resolução propôs ao Banco de Portugal a manutenção de Miguel Barbosa como presidente do Conselho de Administração da Oitante.

Segundo um comunicado divulgado esta sexta-feira, “o Fundo de Resolução aprovou, em assembleia-geral da Oitante, realizada a 03 de julho, a apresentação de proposta ao Banco de Portugal quanto à nomeação dos membros do Conselho de Administração daquela sociedade para o mandato de 2018 a 2020, face ao termo do mandato anterior”.

Foram propostos ao Banco de Portugal os nomes de Miguel Barbosa para um novo mandato como presidente do Conselho de Administração da Oitante, Francisco Ramalho para o cargo de vice-presidente e Rodrigo Castro e Nunes para vogal. Foi também proposta ao Banco de Portugal a recondução dos membros do Conselho Fiscal da Oitante, a recondução da Deloitte & Associados na função de revisor oficial de contas da sociedade e dos membros da mesa da assembleia-geral.

“Com base nas propostas aprovadas em assembleia geral da Oitante, foram ontem deliberadas pelo Banco de Portugal as nomeações para os órgãos sociais daquela sociedade”, avança o Fundo de Resolução. Na mesma assembleia-geral, foram aprovadas as contas da Oitante relativas a 2017, que apresentam um resultado positivo de 30,1 milhões de euros.

A Oitante é a sociedade-veículo criada no âmbito da resolução do Banif. Em dezembro de 2014, o Banif foi alvo de uma medida de resolução, por decisão do Governo e do Banco de Portugal.

Parte da atividade do Banif foi adquirida pelo Santander Totta por 150 milhões de euros, tendo sido criada a Oitante, para onde foi transferida a atividade bancária que o comprador não adquiriu.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fundo de Resolução quer manter Miguel Barbosa como presidente da Oitante

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião