Príncipe Aga Khan vem a Lisboa. Gera impacto de 252 milhões na capital

Até à próxima quarta-feira, até 60 mil muçulmanos ismaelitas estarão por Lisboa para comemorar o Jubileu de Diamante de Aga Khan IV. Entre compras e dormidas, espera-se um impacto de até 252 milhões.

Lisboa foi a cidade escolhida pelo líder religioso dos muçulmanos ismaelitas para encerrar as celebrações do seu Jubileu de Diamante. Nos próximos dias, a capital portuguesa vai ser, por isso, palco de diversos eventos comemorativos e casa de até 60 mil fiéis. Entre gastos com alojamento, alimentação e transportes, um estudo realizado pelo Imamat Ismaili estima que, até à próxima quarta-feira, esses visitantes tragam à cidade mais de 250 milhões de euros.

Vindos de 45 países, entre 40 mil e 60 mil ismaelistas vão estar por Lisboa, até 11 de julho, para celebrar os 60 anos do príncipe Karim Al Hussaini como líder religioso da comunidade referida, isto é, detentor do título de Aga Khan. O festival organizado para comemorar o aniversário contará com a participação de 700 artistas de todo o mundo, da pintura à dança, passando pelo cinema e pela música.

Concentrados na área do Parque das Nações, os eventos comemorativos acontecerão no Pavilhão de Pavilhão de Portugal, Altice Arena, FIL 1 e Cinemas Vasco da Gama. Estão previstas várias exposições, workshops, atuações performáticas e até um festival de cinema, com 100 curtas metragens, que ocupará todas as salas disponíveis no centro comercial referido.

No total, estima-se que todas estas atividades signifiquem um investimento direto de 15 milhões de euros, nomeadamente nos diversos espaços mencionados, nos artistas, e em toda a logística implicada.

Mais de 250 milhões para Lisboa

Aga Khan IV é um dos membros da realeza mais ricos do mundo e vai estar em Lisboa até quarta-feira.Aga Khan Foudation

De acordo com os dados divulgados, a maioria dos crentes que vem a Portugal participar nestas comemorações tem origem norte-americana (23%), canadiana (23%) e britânica (23%). Apenas 15% dos fiéis em causa são portugueses ou espanhóis e quase todos vêm em família.

Por dia, estima-se que cada um desses visitantes gaste entre 2.050 euros e 4.200 euros, em alojamento, alimentação, transportes e compras. Tal totaliza um impacto económico de 123 milhões de euros a 252 milhões de euros para Lisboa, que pode ser ainda significativo tendo em conta que se espera que as viagens se alarguem até dia 12.

Esta não é a primeira vez que Aga Khan IV vem a Portugal — embora seja a primeira em que traz tantos fiéis consigo. No final do ano passado, o líder religioso esteve por cá para receber a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade das mãos do Presidente da República. Desta vez, a reunião com Marcelo Rebelo de Sousa repete-se, estando também agendado um encontro com António Costa e Ferro Rodrigues.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Príncipe Aga Khan vem a Lisboa. Gera impacto de 252 milhões na capital

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião