União Internacional dos Advogados entrega medalha póstuma a Nelson Mandela

Em 1953 Nelson Mandela constituiu uma sociedade de advogados com Oliver Tambo, a Mandela and Tambo Attorneys, a primeira sociedade de advogados negros na África do Sul.

A União Internacional dos Advogados (UIA) entregou uma medalha de membro honorário, a título póstumo, ao antigo Presidente da África do Sul, Nelson Mandela, no ano em que se comemoram os 100 anos do seu nascimento.

A cerimónia decorreu no Salão Nobre do Ministério da Justiça e foi presidida pela Ministra da Justiça, Francisca van Dunem, e pelo presidente da UIA, Pedro Pais de Almeida. Receberam a medalha, os professores John Volmink, Presidente da Ubuntu Global Network e Willie Esterhuyse, um antigo colunista e crítico do sistema de Apartheid.

Segundo Pedro Pais de Almeida, “já em 2013, a UIA tinha efetuado uma homenagem após a morte de Nelson Mandela. Agora, aproveitamos esta data simbólica do centenário do seu nascimento, para a título póstumo, atribuir a categoria de Membro Honorário da UIA. É desta forma, um grande orgulho para a UIA e para mim a título pessoal, passar a contar com Nelson Mandela como membro honorário da UIA”. O mesmo adiantou, “Nelson Mandela qualificou-se como advogado em março de 1951. Em 1962, na África do Sul, existiam apenas 13 advogados negros, num total de cerca de 3 mil advogados. A 4 de dezembro de 1953, o mesmo constituiu uma sociedade de advogados com Oliver Tambo, a Mandela and Tambo Attorneys, a primeira sociedade de advogados negros”.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

União Internacional dos Advogados entrega medalha póstuma a Nelson Mandela

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião