Portugal é pilar na estratégia de crescimento da Mercadona

  • ECO
  • 19 Julho 2018

Juan Roig, presidente da Mercadona, aposta todas as fichas da empresa em dois pilares de crescimento: internacionalização para Portugal e o comércio online.

A estratégia de crescimento da Mercadona, a gigante espanhola no setor da distribuição, passa por Portugal. É o primeiro passo na internacionalização da empresa e está a ser visto, dentro da organização como um fator decisivo.

Segundo o Expansion, na edição desta quinta-feira, o presidente do grupo Juan Roig, já definiu os objetivos imediatos para a empresa de distribuição e estes passam por Portugal e pelo e-commerce.

Depois de uma tentativa frustrada de entrar em Itália, há uns anos atrás, a líder do setor de distribuição em Espanha, voltou as atenções para Portugal, mais concretamente para o norte do país, uma vez que a sede vai situar-se no Porto.

A empresa tem prevista a abertura de 9 lojas lojas em Portugal. Às quatro que faziam parte do plano inicial (Gaia, Matosinhos, Gondomar e Maia) e que representavam um investimento de 25 milhões de euros, a que se juntava ainda um centro de logística, Juan Roig juntou, num segundo momento, mais cinco: Porto, Braga, Penafiel, Barcelos e Vila Nova de Gaia (com uma segunda loja).

Mas a internacionalização não é o único caminho escolhido para crescer. A Mercadona está também apostada nas vendas online. A ideia é reproduzir os modelos dos gigantes do comércio eletrónico, nesse sentido, Mercadona abriu há cerca de um mês um armazém em Valência, que numa primeira fase serve apenas aquela comunidade, mas que rapidamente se irá estender no território.

Comentários ({{ total }})

Portugal é pilar na estratégia de crescimento da Mercadona

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião