Novas regras do crédito não travam venda de casas

  • ECO
  • 8 Agosto 2018

A 1 de julho entraram em vigor as recomendações do Banco de Portugal para a concessão de crédito pelos bancos. Um mês depois ainda não se fazem sentir efeitos na venda de casas.

As novas regras do Banco de Portugal para o crédito ainda não parece estar a ter efeito sobre a venda de casas. Ao fim do primeiro mês, o número de casas vendidas até aumentou, avança o Jornal de Negócios (acesso pago) sustentado em dados das imobiliárias.

Foi a 1 de julho que começou a vigorar a recomendação da entidade liderada por Carlos Costa no sentido de, perante a escalada do crédito, os bancos implementarem alguns limites da concessão (taxa de esforço e percentagem da avaliação do imóvel financiada, por exemplo), tendo como objetivo evitar problemas de sobreendividamento.

Findo o primeiro mês sobre a entrada em vigor dessas regras, a venda de imóveis voltou a aumentar nas principais imobiliárias, salienta o jornal. Os responsáveis das imobiliárias referiram mesmo não terem sentido efeitos das novas medidas.

No caso da ERA Portugal, em julho, a venda de casas aumentou 10% face ao mesmo período do ano passado. Maior foi ainda a subida registada pela Century 21, onde os negócios cresceram 21%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Novas regras do crédito não travam venda de casas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião